Horário de Funcionamento
   » RecepçãoRecepção
Segunda a Sexta-feira das 6h30 às 22h00
Sábados das 8h00 às 16h00

   » SecretariaSecretaria
Segunda a Sexta-feira das 7h30 às 21h30

   » Atendimento e MatrículaSEAR - Atendimento e Matrícula
Segunda a Sexta-feira das 8h00 às 21h30

   » ControladoriaControladoria
Segunda a Sexta-feira das 8h00 às 21h30

   » BibliotecaBiblioteca
Segunda a Sexta das 7h30 às 22h00
Sábados das 9h00 às 15h00 no dia
         -

   » Tecnologia da InformaçãoTecnologia da Informação
Segunda a Sexta das 7h00 às 22h40
Sábados das 9h00 às 15h00 no dia
         -

   » MarketingMarketing
Segunda a Sexta-feira das 8h00 às 18h30

   » CoordenaçãoCoordenação
Segunda a Sexta-feira das 7h00 às 17h30

Histórico

O CEI - Centro Educacional Integrado foi fundado, em 1983, com sede no centro de São Bernardo do Campo. Foi inaugurado tendo entre seus principais objetivos, tornar-se uma instituição séria e respeitada, oferecendo às crianças e jovens, desta cidade, um ensino que os preparasse para a vida.

Em meados de 2001, passou a denominar-se CIAM – COLÉGIO INTEGRADO AMERICANO, reformulando toda a sua estrutura física, pedagógica e administrativa, sob a Direção Geral do Professor Dr. Oswaldo Accursi.

Passados 31 anos, com um novo projeto pedagógico, em novas, confortáveis e modernas instalações, o CIAM – COLÉGIO INTEGRADO AMERICANO – constitui-se em um colégio que objetiva contribuir para a formação cognitiva, afetiva e social de nossos alunos, bem como situá-los no competitivo mercado de trabalho, desenvolvendo o conhecimento da realidade social e ampliando sua percepção para atuar de modo justo, crítico e consciente no processo de desenvolvimento nacional.


31 ANOS
TRABALHANDO O PRESENTE, CONSTRUINDO O FUTURO.

Proposta Pedagógica

Inspirados por uma filosofia humanista e reconhecendo o educando não apenas um ser cognitivo, mas também, afetivo, social e físico, procuramos zelar pelo seu desenvolvimento, proporcionando-lhe um ambiente saudável e seguro, o qual proporciona interação social adequada, bem como condições para a construção de sua identidade. Assim, o ambiente de nossa escola é baseado em relações verdadeiras, as quais demonstrem educação emocional, princípios éticos, noções de valores e limites.
Adotamos uma prática de ensino baseada na teoria construtivista sociointeracionista, considerando que o conhecimento é construído pelo educando, ao longo de sua história de vida, num processo contínuo e dinâmico, na interação com o meio onde vive, e com as pessoas com as quais convive.
A pessoa é vista como um ser ativo que, agindo sobre os objetos de conhecimento, interage socialmente, sofre a influência do mesmo e interioriza vários conhecimentos a partir de sua ação.
Nesse contexto, a aprendizagem é compreendida como o processo pelo qual a pessoa desenvolve suas competências, constrói e internaliza conhecimento, habilidades, atitudes e valores a partir de seu contato com a realidade, com o meio e com as demais pessoas. Para tanto, o processo de ensino utiliza, dentre outros recursos pedagógicos, projetos temáticos, os quais proporcionam liberdade de ação ao docente de modo que o ritmo de ensino possa ser conduzido de maneira específica a cada educando.

Estruturação dos Cursos

Para viabilizar a aplicação da proposta pedagógica, o currículo de nossos cursos é organizado de forma anual, sendo as avaliações distribuídas bimestralmente. Esta organização permite precisão do processo de ensino e de aprendizagem, de modo que a verificação da aprendizagem torna-se mais eficiente, possibilitando o diagnóstico preciso das possíveis falhas ocorridas na aprendizagem do conteúdo ensinado em determinada Unidade Programática (parte de uma disciplina).
Ao demonstrar aplicação do conteúdo aprendido, o educando obtém aprovação relativa à disciplina. Todavia, nos casos em que se identificam insuficiência de aprendizagem, o educando será encaminhado ao Regime de Estudos Dirigidos (RED). Caso seja verificado, mesmo após a recuperação, que o educando não domina uma ou duas disciplina, terá a possibilidade refazê-la por meio dos Módulos de Estudo de Intensificação e de Implementação, os quais serão delineados conforme as especificidades de cada componente curricular a que se destinam, sob orientação da Coordenação Pedagógica. Com tal estrutura os educandos podem realmente aprender os conteúdos, compreendendo e aplicando-os na vida cotidiana.
           
Nessa estrutura, nosso Ensino Fundamental organiza-se em quatro níveis de aprendizagem, inter e transdisciplinares, sendo:

  1. Nível Básico: destinado às crianças do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental I. Este nível de aprendizagem visa iniciar ou aprimorar o processo de alfabetização desenvolvendo competências e habilidades;
  2. Nível de Desenvolvimento: destinado aos educandos do 4º ao 5º ano do Ensino Fundamental I. Este nível visa aprimorar a realização de operações concretas e desenvolver a interação entre os diversos conhecimentos, bem como a aplicação dos mesmos;
  3. Nível de Formação: destinado aos educandos dos 6º ao 7º ano do Ensino Fundamental II. Este nível de aprendizagem objetiva a aprimorar a capacidade de elaborar hipóteses e de sistematizar o conhecimento, por meio de operações formais;
  4. Nível de Consolidação: destinado aos educandos dos 8º ao 9º ano do Ensino Fundamental II. Este nível visa consolidar a capacidade de elaborar hipóteses, de sistematizar o conhecimento, de dominar a norma culta das disciplinas estudadas.

Como pode ser observado no quadro, nossa proposta ressalta o ensino das Artes. Neste sentido, oferecemos o ensino de Artes Plásticas, de Música e de Teatro objetivando proporcionar uma educação geral, bem como o desenvolvimento das Inteligências Musical, Pictográfica, Linguagem, Intrapessoal e Interpessoal. Para tanto, a cada ano letivo o educando cursará uma modalidade artística específica, definida pela estrutura curricular, de modo que ao final dos cursos o educando terá condição de compreender e relacionar o conteúdo aprendido, aplicando-o na vida cotidiana. 

Ensino Médio

O currículo do Ensino Médio é compreendido como um nível de ensino que visa consolidar e aprofundar os conhecimentos adquiridos anteriormente. Nesse nível, estimular a compreensão dos fundamentos científicos - tecnológicos dos processos produtivos, relacionar a teoria com a prática e preparar o educando para o acesso à Educação Superior constituem objetivos complementares, os quais direcionam as ações e os projetos de ensino, bem como nossa proposta pedagógica.

Os projetos de ensino realizados no Ensino Médio priorizam a aplicação do conteúdo na vida cotidiana, utilizando como estratégias: Aula Máster, Projetos experimentais, Estudos do Meio, Seminários e Projetos Especiais.
Para possibilitar a aprendizagem dos conteúdos necessários ao desenvolvimento das competências anteriormente citadas, distribuímos os componentes curriculares anualmente, organizados em Sistema Dinâmico de Ensino por Módulos de Programas Agrupados – SDPA-CIAM.  A distribuição sugerida dos componentes curriculares pode ser verificada no quadro a seguir.

Sistema de Avaliação

Para viabilizar a aplicação da proposta pedagógica, as avaliações serão distribuídas bimestralmente para compor a média semestral. Esta organização permite precisão do processo de ensino e de aprendizagem, de modo que a verificação da aprendizagem torna-se mais eficiente, possibilitando o diagnóstico preciso das possíveis falhas ocorridas na aprendizagem do conteúdo ensinado em determinada Unidade Programática (parte de uma disciplina), compreendendo:

  • Avaliação Processual - AP: visa acompanhar e valorizar todo o processo de ensino-aprendizagem, sendo  composta por diversas ferramentas que compõem a nota como: a frequência, a pontualidade, a participação às aulas, a realização de tarefas e de trabalhos de pesquisas são avaliados e recebem pontuação.
  • Prova Específica de Conteúdo  –  PES: essa   etapa  do  processo  avaliativo  é  constituída   por  provas dissertativas específicas para o conteúdo trabalhado.
  • Prova de Avaliação Continuada de Conteúdos – PACC: é composta por uma prova cumulativa, abrangendo todo o conteúdo de cada componente curricular cursado pelo educando. Essa prova é composta por questões objetivas, de natureza operatória.
  • EXPOCIAM – Trabalhos e Projetos referentes a um determinado tema.
  • TCC – Trabalho de Conclusão de Curso, para os alunos da 3ª série do Ensino Médio.

A nota relativa às avaliações será representada por valores em escala decimal. A média de cada componente curricular será representada pela média aritmética dos valores relativos às notas da Avaliação Processual – AP, da Prova Específica de Conteúdo – PES,  da Prova de Avaliação Continuada de Conteúdos – PACC e da EXPOCIAM ou TCC. No 9º ano do Ensino Fundamental e no Ensino Médio alguns componentes curriculares foram subdivididos.
Explicitando a referida divisão:

       9º ano do Ensino Fundamental
          Ciências Físicas e Biológicas: AC-119/AC319 e  AC219/AC419
       1ª série do Ensino Médio
          Língua Portuguesa e Literatura – CE 900/CE902  CE 901/CE 903
          Química – AC 968/AC970  e AC 969
          Biologia – AC 977/AC 979  e AC 978
          Matemática – FM 944/FM 946 e FM 945/FM 947
          Física – FM 955/FM 957 e FM 956/FM 958
       2ª série do Ensino Médio
          Língua Portuguesa e Literatura – CE 904/CE 906 e CE 905/CE907
          Química – AC 971/AC 972 e AC 974
          Biologia – AC 980/ AC981 e AC 982
          Matemática – FM 948/FM950 e FM 949/FM 951
          Física – FM 959/FM 961 e FM 960/FM 962
       3ª série do Ensino Médio
          Língua Portuguesa e Literatura – CE 908/CE 911 e CE 909/CE 912
          Química – AC 973/AC 976 e AC 975/AC 895
          Biologia – AC 983/AC 985 e AC 984/993
          Matemática – FM 952/FM 954 e FM 953/FM 994

A verificação do rendimento escolar dos componentes que foram subdivididos, segue os mesmos critérios dos demais.

Para a composição da Média Parcial Anual, será feita a média aritmética da média dos componentes subdivididos.

Cálculo para obter a Média Parcial Anual (MPA)

        MPA = AP1+AP2+PES1+PES2+PACC+AP3+AP4+PES3+PES4+EXPOCIAM ou TCC
                                                                             10

Recuperação Final
       Ao final do ano letivo, poderá participar da recuperação final o educando com média final inferior a 6,0 (seis) e frequência igual ou superior a 75% nos seguintes casos:
       a) - Os educandos do 2º ao 6º ano do Ensino Fundamental com rendimento insatisfatório em até três componentes curriculares;
      b) - Os educandos do 7º ao 9º ano do Ensino Fundamental e de todas as séries do Ensino Médio com rendimento insatisfatório em até cinco componentes curriculares.
Os demais educandos com rendimento insatisfatório serão retidos sem direito à recuperação final.
A  nota da  recuperação final será o resultado de no mínimo  dois instrumentos   de   avaliação.

Cálculo para obter a Média Final (MF)

       MF = MAP (média da avaliação processual) + MRF (média da recuperação final)
                                                                          2

Não será permitido ao aluno em recuperação final o acumulo da pontuação além da nota 6.0 (seis) necessária para a promoção.
Encerrado o processo de recuperação, os educandos que não obtiverem média 6.0 (seis), serão submetidos à apreciação do Conselho de Classe.
      

Retenção Após Recuperação Final
       Serão considerados retidos após recuperação final e Conselho de Classe os alunos do 2º ao 7º ano do Ensino Fundamental com nota inferior a 6.0 em qualquer disciplina que componha sua recuperação final e os alunos dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e de todas as séries do Ensino Médio com nota inferior a 6.0 em 3(três) ou mais disciplinas.

Progressão Parcial (MEI)
      Serão considerados promovidos parcialmente os educandos dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e das 1ª e 2ª séries do Ensino Médio, com rendimento escolar insatisfatório em até 2 (duas) disciplinas.

Escola em Tempo Integral

    Com o intuito de apoiar os educandos no processo de estudo, oferecemos, como opcional, a Escola Integral. Estruturada pedagogicamente com estratégias dinâmicas, a Escola em Tempo Integral visa contribuir para otimizar o desenvolvimento de competências e habilidades afetivas, cognitivas e sociais. Para tanto, proporcionamos a seguinte estrutura:

Ensino Fundamental I: o grupo de alunos fica sob a orientação pedagógica de uma professora polivante, a qual coordena a realização das atividades da Escola em Tempo Integral desse nível, conforme pode ser observado na próxima Tabela.

Almoço, higiene e descanso

13h00 às 13h30

Tarefa com monitoria ou oficinas

14h00 às 16h00

Lanche

16h00 às 16h30

Oficinas e /ou Esportes ou tarefa com monitoria

16h30 às 18h00

Ensino Fundamental II: a Escola em Tempo Integral relativa a esse nível de ensino constitui-se por atividades específicas para o aprofundamento das competências e habilidades estimuladas no processo de ensino-aprendizagem realizado no currículo oficial. Nesse nível de ensino, a monitoria das tarefas é realizada por professores. A programação pode ser verificada na Tabela a seguir:

Almoço, higiene e descanso

12h45 às 13h30

Orientação de estudo ou Oficinas e /ou Esportes

14h00 às 16h00

Lanche

16h00 às 16h30

Oficinas e /ou Esportes ou Orientação de estudo

16h30 às 18h00

Ensino Médio: neste nível, a Escola de Tempo Integral contribui para o estabelecimento do hábito de estudo, imprescindível para obter êxito nos vestibulares das principais universidades brasileiras. Com tal objetivo, professores acompanham o processo de estudo e de pesquisa, complementando a construção do conhecimento por parte do educando. Observe a programação:

Almoço, higiene e descanso

12h30 às 13h30

Orientação de estudo ou Oficinas e /ou Esportes

14h00 às 16h00

Lanche

16h00 às 16h30

Oficinas e /ou Esportes ou Orientação de estudo

16h30 às 18h00

OFICINA DO SABER

Outro recurso pedagógico importante para o desenvolvimento multidimensional dos educandos é a OFICINA DO SABER. Constituída por diversas atividades opcionais, a OFICINA DO SABER visa estimular a utilização de conhecimentos construídos por meio do currículo principal, por meio de várias estratégias dinâmicas. Para tanto, oferecemos no período da tarde, as seguintes OFICINAS DO SABER:

  • Oficina de Violão;
  • Oficina de Artes Cênicas;
  • Oficina de Música;
  • Oficina de Ciências, Meio e Ecologia;

Obs.: Para realização de cada Oficina, é necessário que a turma possua no mínimo 10 alunos.

Modalidades Desportiva

MODALIDADE DESPORTIVA

    Neste Sistema Dinâmico de Ensino por Módulos de Programas Agrupados, as Modalidades Desportivas também se destacam. Para tanto, nossa escola oferece, além das duas aulas obrigatórias semanais, Modalidades Desportivas Complementares, com frequência opcional. Essas modalidades visam estimular o desenvolvimento das Inteligências Cinestésico-Corporal, Intrapessoal e Interpessoal, bem como a promoção de hábito saudável de vida, relacionando corpo e mente. Para tanto, oferecemos Handball, Vôlei e Futsal para todos os educandos que quiserem frequentar os treinos nas respectivas modalidades, sempre no período da tarde.

Orientação Profissional

Com o intuito de tornar o processo de escolha profissional menos angustiante, o CIAM desenvolve projetos de orientação profissional destinados aos educandos do Ensino Médio.
Este projeto, opcional, visa trabalhar questões como identidade pessoal, plano de vida, realidade e exigências do mercado de trabalho, orientações sobre a gama de opções de curso, universidades, orientações para o vestibular.
Ao participar do projeto de orientação profissional, realizados em grupo, os educandos poderão expor suas opiniões, ouvir e compreender os diversos modos de pensar, aprendendo a analisar criticamente informações recebidas, a divulgar suas idéias e opiniões de maneira responsável e educada.
Além do projeto, o colégio mantém parcerias com Universidades e traz palestrantes que, por meio de workshop, envolvem os alunos em experiências com diversos profissionais atuantes no mercado.
Enfim, o educando estará se desenvolvendo dentro dos fundamentos democráticos tornando-se um adulto crítico, participativo e versátil, apto a se tornar um profissional capacitado como exige a sociedade atual.
Obs.: Para início do projeto são necessários pelo menos 10 inscritos

Horários

Localização

Rua Odeon, n°150
Vila Alcântara
São Bernardo do Campo/SP

Instalações

Numa área de aproximadamente 11000 metros quadrados, o CIAM coloca à disposição de seus alunos:

  • Salas de aula amplas e planejadas para garantir homogeneidade na distribuição de luz e ventilação;
  • Laboratórios de Informática com equipamentos de última geração;
  • Laboratório de Ciências - Física, Química e Biologia;
  • Sala de Artes;
  • Biblioteca com cinco terminais de computador conectados à Internet e vasto acervo;
  • Sala de Dança, Teatro e Música;
  • Quadra poliesportiva oficial;
  • Área verde com jardins, horta, pomar e playground;  
  • Praça de alimentação;
  • Papelaria/Livraria;
  • Auditório com 240 lugares.

Fotos

Entrada Principal

Foto Aérea

Momento de descontração

Aula de Espanhol

Aula de Teatro

Oficina de Artes

Laboratório de Informática

Laboratório de Ciências

Acervo da Biblioteca

Quadra Poliesportiva

Interior

Praça de Alimentação

Papelaria / Livraria

Horário de Saída

Concentração durante a aula
Professores